logo dedcnova

logo sc sdc




Termo de referência para obras na Serra do Rio do Rastro é entregue.

Nesta segunda-feira (11) a Secretaria de Estado da Defesa Civil (SDC) realizou a entrega do Termo de Referência (TR) para as obras preventivas na SC 390, Serra do Rio do Rastro. O documento possibilita o início do processo licitatório. “A gestão dos riscos relacionados a deslizamentos e rolamento de rochas na Serra do Rio do Rastro é uma necessidade antiga, que com o estudo minucioso e a busca de financiamento para as intervenções necessárias, por parte da Defesa Civil Estadual, começa agora se concretizar “, comentou o Secretário de Estado da Defesa Civil, João Batista Cordeiro Júnior. Segundo ele, esta ação inicia uma nova fase para Serra do Rio do Rastro, estrutura sensível e muito importante para a economia e para o turismo de Santa Catarina
“Esse conjunto de intervenções em 25 pontos da Serra irá proporcionar aos usuários da rodovia além maior segurança, de preservação da estética do local, com soluções estruturais e paisagísticas”, explicou João Batista.

WhatsApp Image 2019 03 11 at 16.10.16

Discurso do Governador Carlos Moises. (Foto: Flávio Jr - Ascom SDC)

Em fevereiro de 2018, iniciaram os estudos preliminares na Serra do Rio do Rastro que deram subsídio para a elaboração do Plano de Trabalho (PT). O objetivo foi tender as necessidades de adequação das condições de segurança à trafegabilidade de determinados trechos na rodovia SC-390. Nestes locais foram identificados riscos de desestabilização de taludes e tombamentos de blocos rochosos. O Plano foi aprovado junto ao Governo Federal que liberou R$ 19.084.812,90 para a estabilização de taludes e o aumento da segurança dos usuários da rodovia.

WhatsApp Image 2019 03 11 at 16.10.15

O documento entregue possui mais de 500 páginas. (Foto: Flávio Jr - Ascom SDC)

No total foram contemplados 25 pontos de intervenção, sendo 23 deles na Serra do Rio do Rastro e outros 2 em Pindotíba, município de Orleans/SC. As propostas feitas no Plano de Trabalho, levaram em conta as boas técnicas de contenção de taludes da engenharia, incluindo serviços de supressão vegetal, limpeza e conservação de canaletas e bueiros, aplicação de tela metálica de alta resistência, execução de muro de gabião, cortina atirantada, revegetação com hidrossemeadura e recuperação de canaletas de drenagem. Todo o Plano levou em consideração os aspectos visuais e paisagísticos que são um dos atrativos turísticos da Serra.
O Governador Carlos Moisés destacou a importância da Serra do Rio do Rastro como ligação entre o Planalto Sul e o Litoral Sul Catarinense e para o escoamento de produtos. “Precisamos olhar para frente e tratar a Serra com o carinho de que ela precisa. O potencial de toda essa região para o turismo é infindável. Queremos que as pessoas visitem, tenham ótimas experiências e saiam com o desejo de voltar pra cá”, ressaltou o Governador.
Desde o início do acompanhamento, em fevereiro de 2018, foram registrados 12 ocorrências, entre queda e rolamento de blocos rochosos, queda de árvores, rebaixamento da pista de rolamento e enxurradas.


© 2012 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |